Como e por que surgiu a Certificação FSC

Como e por que surgiu a Certificação FSC

O FSC foi criado como resposta a uma preocupação internacional com o destino das florestas mundiais no início da década de 90. Já naquela época os desmatamentos na Amazônia e em outras florestas tropicais atraíam a atenção da mídia internacional.

Consumidores da Europa e América do Norte decidiram iniciar então um boicote à madeira oriunda de florestas tropicais. Entretanto, a tática não teve o resultado esperado já que estimulava uma desvalorização ainda maior da floresta. Tornou-se evidente que a solução não seria banir o uso da madeira tropical, mas garantir que sua extração fosse realizada de forma a minimizar os impactos ao meio ambiente.

O conceito da certificação surgiu então como uma forma de controle das práticas produtivas florestais por meio da valorização, no mercado, dos produtos originados de manejo responsável das florestas.

Um grupo formado por empresas e organizações sociais e ambientais do mundo todo iniciou as negociações para a criação de uma entidade independente que estabelecesse princípios universais para garantir o bom manejo florestal. Após um longo processo de consulta internacional, incluindo discussões durante a Rio-92, o FSC foi oficialmente fundado em 1993, no Canadá.

Desde então, o FSC se tornou o sistema de certificação florestal de maior credibilidade internacional e o único que incorpora de forma igualitária os interesses de grupos sociais, ambientais e econômicos.

 Como funciona e quando começou FSC no Brasil

No Brasil, a discussão sobre o FSC se iniciou em 1996 como um grupo de trabalho criado para discutir a adaptação do padrão internacional à realidade do país. Em 2001 foi constituída a organização não-governamental Conselho Brasileiro de Manejo Florestal, reconhecida oficialmente como iniciativa nacional do FSC no ano seguinte.

Desde então, o FSC Brasil vem atuando em três frentes principais: desenvolvimento dos padrões locais, promoção e divulgação da certificação florestal tanto na cadeia produtiva quanto entre os consumidores finais, e a realização de atividades relacionadas ao manejo e certificação florestal, como cursos de capacitação e seminários.

Junto com outras 45 iniciativas nacionais distribuídas em todo o mundo, o FSC Brasil tem trabalhado para promover cada vez mais o manejo responsável de nossas florestas, conciliando conservação da natureza, benefícios sociais e viabilidade econômica.

(Fonte: FSC Brasil)

Iliucha Vale

Mais de 20 anos de experiência na área de certificação e gerenciou a operação do Grupo Bureau Veritas no Brasil